segunda-feira, 10 de novembro de 2008

você não quer se sentar,
tomar um gole de chá?
pra espantar o cansaço
o abatimento, o descaso
pra curar essa leseira
a preguiça crônica
afastar toda a besteira
essa caretice que nos ronda

espere um pouco, não vá
tome um suco de maracujá
pra acalmar os ânimos
repensar os enganos
pra expulsar os demônios
acordar para o dia
acertar os relógios
que é a vida passando, rapaz, vazia