quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

ceia



"e como se chama esse mês que está entre dezembro e janeiro?" (Pablo Neruda)


todos se reuniam ao redor da mesa
não importava se era alegria genuína
ou aquele sentimentalismo hipócrita de natal
a euforia era contagiante
quatro gerações se lambuzavam com pernil e leitoa
e eu, assustado, não podia deixar de notar
o quanto meus avós tinham diminuído

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

hexa

quando caiu a noite no céu
seis estrelas brilhavam em seu peito
o universo explodia em vermelho e preto

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

#2

virei as costas pro conforto
abri todas as portas
encarei o mundo
era assustador